A vida do Beta Splendens Selvagem na Natureza - História, Habitat, Dieta

Saber um pouco da história desses peixes de briga Siameses pode realmente te ajudar a definir o tanque e o meio ambiente em que seu peixe viverá perfeitamente. Antepassados dos selvagens peixes de combate japoneses, eles viviam vidas solitárias em arrozais e pequenos riachos de água doce da Tailândia / Siam.

Eram de uma cor marrom ou esverdeado maçante e eram um peixe carnívoro que se alimentavam de pequenos crustáceos, ovos de insetos e larvas. Lutar sempre estave em seus genes, mas que geralmente só duraria por alguns minutos até que um betta desistisse e recuasse.

Reprodução e novas cores

Devido à reprodução seletiva houve alguma evolução para o peixe Betta, que deixou de ser verde / marrom e passou a ser conhecidos por suas cores brilhantes e grandes nadadeiras fluidas – como a do halfmoon betta (ver algumas fotos de peixes Betta aqui).

Infelizmente estes peixes também foram criados para lutar. Semelhante a brigas de galos, eles foram criados para que apostas pudessem ser feitas sobre o vencedor de uma luta. Isto levou a um aumento na agressividade e duração da luta pelo peixe betta caseiro, ou seja, é importante saber que você nunca pode colocar dois bettas machos juntos.

O Meio Ambiente Perfeito para o Peixe Betta

O que não mudou ao longo das décadas de domesticação e criação seletiva de animais foi o carinho do betta para com a água quente tropical. Água em torno de 25 graus Celsius é a temperatura perfeita para o seu peixe Betta. Um filtro suave pode favorecer para simular as correntes suaves dos córregos de marcha lenta de onde os Bettas originam. Video abaixo mostra o habitat natural dos peixes betta selvagens na Tailandia.

Os filtros também podem ajudar a manter a água do tanque fresca, mas ao contrário das necessidades de muitos peixes tropicais o filtro não é uma necessidade para oxigenar a água. Assim como outro peixe japonês o peixe Betta respira retirando o oxigênio da água, mas eles também têm um órgão chamado de bexiga labirinto.

Este órgão extra significa que o peixe Betta pode obter o oxigênio essencial da superfície da água. Estudos têm demonstrado que este órgão deve ser utilizado de tempo em tempo, por isso é vital que o seu aquário possua um espaço para o ar no topo.

A dieta natural dos Bettas

Outro atributo que não mudou desde a origem do peixe betta é a dieta. Eles ainda são carnívoros, desfrutando de larvas e pequenos crustáceos. As comidas comercializadas de peixe betta, muitas vezes, contêm farinha de camarão e farinha de peixe, ricas em proteínas, assim como eles precisam.

Muitos proprietários adicionam minhocas ou camarão seco no tanque do seu peixe como tratamento especial – tudo parte de seu regime de cuidados com os peixes Betta. Isca, como larvas de camarão vivo também podem ser adicionado, mas você deve ter cuidado para não alimentar mais o seu peixe de combate japonês – se eles gostam do sabor, eles tendem a terminar o que é colocado na frente deles.

Por outro lado, se o seu peixe Betta não gosta do que é colocado na frente dele, ele não vai comê-lo! Este é frequentemente o caso com alguns dos mais genéricos flocos para peixes tropicais.